UsadosBR – Classificado de Carros em todo o Brasil

5 dicas valiosas para conservar os pneus do seu carro

A grande maioria das pessoas acredita que, depois de comprar o carro, basta levá-lo às revisões e pagar os impostos e seguro que ele está muito bem cuidado. Obviamente, esses são alguns dos cuidados necessários para manter o veículo rodando sem maiores problemas e em ótimo estado de conservação — mas não são todos!

Além desses cuidados mais conhecidos, existem diversos outros que merecem atenção dos proprietários e que, muitas vezes, são deixados de lado. O cuidado com o pneu, por exemplo, é passado despercebido por muitos, que só se preocupam em trocá-lo quando sua vida útil chega realmente ao fim.

Entretanto, os pneus são um dos grandes responsáveis pela segurança e conforto ao dirigir. Em alguns casos, sua vida útil pode chegar a até cerca de 100 mil quilômetros — mas, para que isso ocorra, é necessário que o proprietário do carro tenha uma série de cuidados para conservá-los.

Pensando nisso, no post de hoje, separamos cinco dicas valiosas para conservar os pneus do seu carro. Continue a leitura e conheça-as!

Calibre periodicamente os pneus

O ideal é que todos os pneus do carro sejam calibrados com um intervalo mínimo de 15 dias. A pressão que deve ser colocada pode ser consultada no manual do fabricante — algumas montadoras também colocam adesivos no carro com essa informação. Os decalques, geralmente, encontram-se na lateral da porta do motorista ou na tampa do tanque de combustível.

A calibração adequada garante a segurança e a estabilidade do veículo, aumentando também a durabilidade dos pneus. É importante saber que utilizar pneus abaixo da pressão estipulada pelo fabricante, além de encurtar sua vida útil, aumenta o consumo de combustível do veículo!

Faça o rodízio dos pneus

Durante a utilização normal do veículo, os pneus dianteiros e traseiros estão sujeitos a cargas diferentes e, no momento das freadas, desgastam-se de formas muito distintas.

O rodízio tem o objetivo de reduzir o desgaste desigual, o que aumenta a durabilidade dos pneus e o equilíbrio do veículo.

É recomendado trocar os pneus dianteiros de posição com os traseiros a cada 10 mil quilômetros — indicamos verificar o intervalo exato no manual do veículo, pois pode variar entre modelos. Outro detalhe muito importante é que esse procedimento simples, além de aumentar a vida útil dos pneus, garante também mais estabilidade e aderência do carro em pisos molhados.

Alinhe e balanceie os pneus

Ambos os procedimentos devem ser realizados todas as vezes em que for feito o rodízio ou a substituição dos pneus desgastados por novos — e, também, sempre que o motorista notar que o veículo tende a puxar para algum dos lados, ou quando sentir trepidações no volante.

Rodas alinhadas e balanceadas são uma das melhores formas de conservar os pneus contra o desgaste desigual. Dessa forma, esses procedimentos são essenciais para garantir uma vida útil elevada aos pneus.

Evite a sobrecarga

O excesso de carga pode comprometer a estrutura interna do pneu e agravar seu desgaste. Ultrapassar o peso permitido no veículo aumenta o risco de danos na estrutura dos pneus, podendo reduzir significativamente sua vida útil.

Evite freadas bruscas

Travar a roda com a finalidade de parar o veículo em movimento exige um atrito muito grande entre o pneu e o solo. Mesmo a freada mais fraca possível contribui bastante para o desgaste do pneu. Portanto, quanto mais forte ela for, maior será o dano provocado no pneu. Por isso, deve-se evitar frear de forma brusca.

Gostou das nossas dicas para conservar os pneus do seu carro? Conhece outras que deveriam fazer parte da nossa lista? Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Deixe seu comentário e entre para a conversa!

Sair da versão mobile