8 hábitos que comprometem o funcionamento dos carros

Maus hábitos ao volante, cometidos por diversos motoristas, podem comprometer o funcionamento dos carros. E você, será que comete alguns desses erros ao dirigir seu automóvel? Saiba que esses hábitos são praticados inconscientemente e podem diminuir bastante a vida útil de diversos componentes, peças e acessórios do seu veículo.

Sendo assim, para preservar seu carro, mantendo-o em perfeitas condições de uso, devem ser observados — e principalmente evitados — alguns vícios. Excesso de aceleração, esquecer a troca de óleo, andar com o combustível na reserva, são apenas alguns deles.

Confira, a seguir, os hábitos mais comuns que colocam em risco a eficiência do seu carro!

1. Andar com o combustível na reserva

Pode parecer algo sem importância, mas andar com o combustível na reserva com frequência é altamente prejudicial ao veículo. Pra começar, esse hábito faz com que os resíduos se acumulem no fundo do tanque e, dessa forma, sejam levados para a linha de combustível. Isso pode provocar o entupimento do filtro, bem como a obstrução dos injetores.

2. Passar em lombadas com excesso de velocidade

Passar com velocidade excessiva sobre uma lombada é um erro muito grande, uma vez que esse tipo de ação pode comprometer toda a estrutura do carro. As molas, amortecedores, terminais de direção, entre outros componentes do veículo são muito atingidos com esse hábito. Por isso, diminua sempre a velocidade ao passar por lombadas, valetas e ao subir em calçadas.

3. Não calibrar os pneus com regularidade

A calibragem dos pneus, para o perfeito funcionamento dos carros, deve ser sempre de acordo com o que recomenda o fabricante. Tanto pressões muito baixas quanto muito altas contribuem para o desgaste dos pneus, provocando irregularidade. Isso faz com que o consumo de combustível aumente muito e ainda coloca em risco a segurança de quem estiver dentro do veículo.

4. Não trocar o óleo no tempo recomendável

Fique sempre atento às datas de troca de óleo, pois esse simples erro pode colocar em risco a vida útil do motor, tendo que retificá-lo bem antes do esperado.

5. Manter o pé apoiado no pedal da embreagem

Um erro muito comum entre os motoristas é manter o pé apoiado o tempo todo no pedal da embreagem. O sistema de embreagem do seu carro pode durar muito mais se você evitar descansar o pé sobre o pedal. Do contrário, o contato contínuo entre a transmissão e o movimento do motor resultará em um desgaste muito mais rápido do que o previsto.

6. Abusar dos freios

Acelerar e frear bruscamente provoca um desgaste muito grande no sistema de freios do veículo — tambores, discos, pastilhas e lonas. Por isso, dirigir tranquilamente e de forma progressiva contribui para evitar problemas com os freios a curto prazo.

7. Esticar a marcha

Retardar a passagem das marchas até chegar ao limite das rotações pode provocar sérios danos ao motor do veículo, além de aumentar bastante o consumo de combustível.

8. Dirigir em velocidade acima da permitida

Além de colocar em risco a segurança — tanto de quem está dentro do veículo como de quem está fora dele — dirigir em excesso de velocidade pode provocar danos ao motor, já que o obriga a trabalhar em rotações bem mais altas e em temperaturas elevadas.

Gostou das dicas? Como você pode ver no post, manter o funcionamento dos carros sempre em perfeito estado requer deixar de lado alguns vícios já enraizados. É possível, basta começar!

Que tal ter acesso a outros assuntos sobre automóveis? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de outros conteúdos como este!

Últimas Notícias

Renault Kwid 2023 ganha novo visual e mais tecnologia

O Renault Kwid 2023 está completamente renovado. A...

Pastilhas de freio: quando revisar e fazer a troca?

Assim como todos os itens que compõem...

Pneu careca: como evitar este problema?

Segundo a Polícia Federal (PRF), entre 2011...

Novo Yaris 2023 tem design renovado e novos itens de segurança

A Toyota apresentou o Novo Yaris 2023. As versões hatch e...